Costumes bizarros da Itállia!


28/01/2019   


Intruso no presépio
Na região da Catalunha, a cena com o nascimento de Jesus inclui um caganer: a estátua de uma pessoa fazendo cocô! A tradição de acrescentar essa peça típica do folclore local surgiu em torno do século 17. O “cagão” é popular também em outras épocas do ano: há versões “estreladas” por várias celebridades, desde Barack Obama até Lionel Messi.

Uma obsessão com cocô
Ainda no Natal catalão, as crianças passam 15 dias cuidando do Caga Tío: um tronco de madeira com rosto e gorro. Depois do prazo, elas batem nele com um bastão, cantando uma música folclórica em que o ameaçam de morte caso não “defeque” doces e brinquedos.

Dez dias de espera
No resto do país, crianças ganham presentes só em 6 de janeiro, porque escrevem cartas pedindo brinquedos para os Três Reis Magos, e não para o Papai Noel. Caso não tenham se comportado bem ao longo do ano, elas recebem só um pedaço de carvão. Que trauma!

Chamando atenção
Prostitutas em Lleida, na Catalunha, precisam vestir uma roupinha nada sexy: um colete reflexivo, desses que guarda de trânsito usa. A lei foi criada em 2010, para evitar acidentes ou atropelamentos nas rodovias em que elas fazem ponto. Quem não cumprir paga multa de 40 euros.

Quenhe vc?

Nomes de figuras históricas e celebridades são sempre traduzidos. Para os espanhóis, o autor de O Capital chamava-se Carlos Marx, o descobridor da América foi Cristobal Colón, Kate Middleton é conhecida como Catalina de Cambridge e seu marido é o príncipe Guillermo.

Sujo. E com orgulho!

Os bares e restaurantes mais tradicionais são forrados de guardanapos amassados no chão. Para os turistas desavisados, a sujeira depõe contra o lugar, mas, para os espanhóis, é o contrário. Encontrar muito papel no chão é elogioso, sinal de comida boa e casa cheia.

Guerra vermelha

Todos os anos, na última quarta-feira de agosto, a cidade de Buñol recebe milhares de pessoa e 150 toneladas de tomates maduros para La Tomatina. Nessa festa, a galera passa horas atirando a fruta umas nas outras. Depois, todo mundo se une para limpar as ruas com mangueiras.

Churro ou porra?

Os famosos churros espanhóis não costumam levar recheio como os brasileiros, têm sabor mais salgadinho e geralmente são consumidos no café da manhã. Numa churreria, talvez te perguntem: “churro ou porra?” Não se assuste: “porra” é uma versão maior e mais gordinha do petisco.

 

Compartilhar